Login do usuário

Esqueceu sua senha?
Recuperar senha
Não se cadastrou?
Cadastre-se já!

Quem está online

No momento há 0 usuários e 8 visitantes online.

Buscar

INSS: perícia por telemedicina será testada em dez municípios brasileiros

Entidades parceiras do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão disponibilizar, como experiência-piloto, perícias médicas remotas, por meio da telemedicina, em dez prefeituras municipais que possuem Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com o Instituto, até 13 de abril de 2022.
A Perícia Médica com Uso de Teleavaliação (PMUT) será realizada em Francisco Morato/SP; Minas Novas/MG; Vassouras/RJ; Santo Augusto/RS; Olhos D’Água das Flores/AL; Corrente/PI; Pedro Gomes/MS; Ji Paraná/RO; Lábrea/AM e Botas de Macaúbas/BA.
A medida cumpre decisão do Tribunal de Contas da União de enfrentamento da pandemia. O termo de intenção do Acordo de Cooperação Técnica junto ao projeto-piloto de perícia médica remota foi assinado na semana passada pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, pelo presidente do INSS, José Carlos Oliveira, e pelos representantes dos municípios participantes da experiência-piloto.
O projeto pretende expandir o atendimento com uso da telemedicina para todo o país, além de fortalecer tecnologicamente a perícia médica. “Hoje mais de 50% dos benefícios do INSS são relativos ao benefício por incapacidade e essa ferramenta vai ao encontro do que está sendo feito no mundo, a telemedicina. Tenho certeza de que o piloto será exitoso e ampliado para os 5 mil e poucos municípios que temos no país”, disse, em nota, o presidente do INSS, José Carlos Oliveira.
A inovação contribui para a compensação da perda de 10 mil servidores do INSS que se aposentaram nos últimos três anos e não foram repostos, segundo o ministro Onyx Lorenzoni.
O ministro disse que a tecnologia traz para os quase 4 mil peritos o desafio de aprimorar métodos e sistemas, enquanto possibilita que esses profissionais possam se multiplicar para realizar atendimentos a quilômetros de distância. “A tarefa é extremamente digna, nobre, de poder oportunizar direitos àqueles que precisam. Isso é justiça social, respeito às pessoas, valorização da vida. Três conceitos fundamentais para que a gente tenha uma sociedade livre e democrática”, disse Lorenzoni.   (Agência Brasil)