Login do usuário

Esqueceu sua senha?
Recuperar senha
Não se cadastrou?
Cadastre-se já!

Quem está online

No momento há 1 usuário e 13 visitantes online.

Usuários online

  • carlos roberto coutinho

Buscar

Saldamento e migração do plano PSAP/CESP B1 para o plano CESP CD

O Conselho Deliberativo da Vivest aprovou, no dia 10 de dezembro, a proposta para mudança no regulamento para promover o saldamento do plano PSAP/CESP B1.
 
O saldamento é um processo no qual os benefícios acumulados são preservados e não tem impacto para aposentados e pensionistas. No entanto, a acumulação futura é interrompida.
 
A migração É VOLUNTÁRIA e é a oportunidade que terão os aposentados e pensionistas para transferirem seus recursos do PSAP/CESP B1 para o Plano CESP CD, ou seja, um plano de contribuição definida. 
 
A proposta prevê a autorização de migração de 60% a 100% da Reserva Matemática Individual (RMI), além de antecipação de recebimento de até 25% dessa reserva no ato da migração ou a qualquer momento, com pagamento à vista ou em até seis parcelas mensais e consecutivas, sendo o valor restante convertido em renda mensal. Esse percentual será acrescido em mais 10%, caso o volume total da reserva migrada atinja 50% do que foi apurado na data do cálculo. A Cesp estabeleceu que será necessário a migração de, nó mínimo, 20% do total da reserva matemática para efetivar o processo.
 
Importante salientar que essa aprovação no Conselho Deliberativo da Vivest faz parte do início do processo, que passará por outras fases.
 
A consulta à alteração do regulamento estará disponível no portal da Vivest por 30 dias e só então a proposta seguirá para aprovação da Previc.
 
Portanto, a  AAFC entende que a migração, sendo um ato voluntário, depende da decisão individual de cada participante, que deverá levar em conta a sua necessidade em seu entendimento pessoal, considerando os diversos fatores que envolvem a realidade de cada beneficiário, como: situação financeira, familiar, de saúde, de idade, etc. Assim, o posicionamento da AAFC perante a proposta para saldamento e migração do plano PSAP/CESP B1 vem ao encontro do RESPEITO que nossos representantes têm face aos 
associados, observando o desejo daqueles que pretendem aderir ao processo.
 
A AAFC, assim posicionada, sabe que tolher a possibilidade de escolha pode gerar prejuízos aos participantes que desejam migrar suas reservas, por isso, sempre ressaltamos que o processo é voluntário, ou seja, permanecer no antigo plano também é uma opção.
 
Nesse sentido, a Vivest e a AAFC estarão sempre prontas e dispostas a atender e auxiliar os assistidos em sua tomada de decisão individual.
 
Unidos somos mais fortes!
 
Francisco C. Busico
Presidente
 
Carlos Aurélio K. Almeida Pires
Diretor de Suplementação