Login do usuário

Esqueceu sua senha?
Recuperar senha
Não se cadastrou?
Cadastre-se já!

Quem está online

No momento há 0 usuários e 13 visitantes online.

Buscar

Regras para aderir ao empréstimo pessoal Funcesp começam a valer hoje, 16 de janeiro
A Funcesp informa que a matéria “Regras novas, com as vantagens de sempre”, publicada na editoria “O que você precisa saber” da edição 31 da revista Bem-Estar contém erros quanto aos valores informados em tempo de adesão. 
 
O empréstimo pessoal está passando por uma segunda etapa de mudanças. O início desse processo começou em 2013 e as novas regras modificam, principalmente, a quantidade necessária de meses que você precisa ter de adesão a um plano previdenciário da Funcesp para aderir ao empréstimo pessoal.
 
Veja abaixo os valores corretos para calcular quanto você pode receber de empréstimo e as possibilidades de parcelamento, que variam conforme o seu tempo de adesão.
 
1-    Para calcular o limite do empréstimo, multiplique seu salário ou benefício pelo valor máximo referente ao tempo de adesão à previdência.
 
Tempo de Adesão ao Plano (meses) Valor máximo (multiplicador do salário base/benefício)
Até 11 0
12 a 23 1,5
24 a 35 2
36 a 47 3
48 a 59 4
60 a 71 5
Mais de 72 7,5

 

2-    Quanto mais tempo você fizer parte do plano de previdência da Funcesp, maiores serão as opções de parcelamento da dívida
 
Tempo de Adesão ao Plano (meses) Quantidade máxima de parcelas
Até 11 0
De 12 a 23 3 a 24
De 24 a 35 3 a 36
De 36 a 47 3 a 48
De 48 a 59 3 a 60
Mais de 60 3 a 60
Atenção: Para quem tem 80 anos ou mais, o número máximo de parcelas é 24.
 
Fonte: site Funcesp