Login do usuário

Esqueceu sua senha?
Recuperar senha
Não se cadastrou?
Cadastre-se já!

Quem está online

No momento há 0 usuários e 7 visitantes online.

Buscar

Carta enviada ao Presidente da Fundação CESP em 07/12/2010, referente ao PES
em

A AAFC informa: Para conhecimento de todos, publicamos, a seguir, o inteiro teor do termo firmado em 07 de dezembro de 2010 entre a AAFC, Sindicatos dos Eletricitários de Campinas e o de São Paulo, referente à avaliação da situação do PES.
 
A Fundação CESP
At. DD Presidente Martin Glogowsky
 
Senhor Presidente
 
Decorrida a trajetória de analises e estudos do GT PES, instituído pela decisão soberana das Entidades Representativas dos Assistidos e da Fundação CESP, apreciaríamos submeter a sua apreciação as Diretrizes Básicas Sumarizadas da Proposta elaborada pelo Grupo de Estudos, contendo o conceito do novo modelo organizacional e estrutural que se pretende atingir, destacando as premissas para a formação de preços sob essa nova ótica.
 
Após analise do grupo, percebe-se a peculiaridade do PES frente a planos ortodoxos de mercado, cuja gestão depende fortemente do pleno conhecimento das necessidades dos usuários, e da capacidade de monitoramento constante da utilização e recursos médicos credenciados, alicerçados por sistemas modernos que permitam Apoio a Decisão.
 
As principais mudanças tem foco em uma Gestão com participação ativa dos usuários, direcionada à orientação, a criação de empatia entre gestor e usuário, ao perfeito direcionamento da utilização do credenciamento, e na criação de recursos dedicados às patologias mais freqüentes, e em ações para reduzir custos e potencializar receitas.
 
Cria também, a exemplo do Plano Previdenciário, o Comitê Gestor do PES, com poderes de fiscalização e busca de metodologias gerenciais voltadas à rastreabilidade da utilização e tomada de decisões de caráter sócio–operacional, com fins de identificar melhores praticas, benchmarkings e sustentabilidade, com decisões colegiadas, que tendem inclusive a evitar ingerências inadequadas por parte de seus associados, e trabalhar em parceria com o Gestor do PES e técnicos da Fundacao CESP.
 
Pretende-se com estas medidas obter uma redução gradual e paulatina de custos e contribuições dos assistidos, garantir o retorno dos usuários que deixaram o plano recentemente, obter novas adesões e focar em praticas de mercado consagradas de gestão que visem otimizar os resultados.
 
Deseja-se que após as simulações necessárias, reconfigurações dos recursos oferecidos e forma de atendimento sejam estas expostas as entidades participantes e ao Grupo de Estudos, para constatação da viabilidade técnico – financeira, e possíveis revisões na proposta original e debates internos nas entidades com os assistidos para esclarecimentos e facilidade na implantação do projeto.
 
Esclarecemos ainda que estas medidas não esgotam as ações necessárias a reconfiguração de um plano com características tão especificas, porem tendem a garantir um maior fôlego para estudos mais aprofundados com uma equipe técnica a ser formada dentro do Comitê Gestor para propostas de melhorias operacionais.
 
Salientamos também que o grupo optou e desenvolveu ações, abrindo espaço para coletar sugestões junto as entidades de classe e usuários do PES. Nessa concepção oportunizou ao Sr. Alcides Casado e equipe em expor sua proposta, para conhecer e encaminha-la a V.Sa para os devidos estudos atuarias e jurídicos. Após os mesmos rogamos a gentileza de dar o retorno as pessoas envolvidas nesses trabalhos.
 
O Grupo continua hipotecando sua confiança nos trabalhos da Fundação CESP como gestora do PES, e conclama seu corpo técnico – gerencial no sentido de colocar toda sua criatividade, motivação e  participação ativa para encarar as atuais dificuldades e superá-las em curto espaço de tempo.
 
Propomos apresentação da modelagem à Direção da Fundação CESP e Presidente do Conselho Deliberativo, no próximo dia 09/12/2.010 às 09:00, de modo a que esta apresentação seja considerada na elaboração da peça orçamentária 2.011.
 
Certos de contar com sua atenção, antecipadamente agradecemos
 
As Entidades Representativas
 
São Paulo, 07 de Dezembro de 2.010